sábado, 3 de março de 2012

TODOS CONTRA AS DROGAS, PENSE ASSIM!!! TODOS PODEM CONTRIBUIR, MAS, NA VERDADE, TUDO DEPENDE DE VOCÊ!!!!!

PARTE 2

... "Vencer a si próprio é a maior das vitórias." (Platão)
... "A melhor maneira de ser feliz é contribuir para a felicidade dos outros." (Baden Powell de Aquino)
... "O amigo certo se reconhece numa situação incerta." (Cícero)
... "A adversidade desperta em nós capacidades que, em circunstâncias favoráveis, teriam ficado adormecidas." (Horácio)
... "Eu descobri que sempre tenho escolha. E muitas vezes, trata-se apenas de uma escolha de atitudes." (Anônimo)
... "As palavras soam; os exemplos retumbam." (Rui Barbosa)
... "Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e, de repente, você estará fazendo o impossível." (São Franscisco de Assis)
... "É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada." (William Shakespeare)
... "Quem chega no fundo do poço precisa lembrar que o fundo é o melhor lugar do poço para se tomar impulso." (Eduardo Marinho)
... "É mais alegre contarmos as estrelas do céu do que as pedras do caminho." (Gonçalves Ribeiro)
... "Pelo erros dos outros, o homem sensato corrige os seus". (Oswaldo Cruz)
... "Uma longa viagem começa com um único passo." (Lao-Tsé)
... "Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional." (Roger Crawford)
... "Quando vejo alguém fazer algo que julgo errado; cuido para não fazer o mesmo" (Prof. Kilme Bezerra)
... "Quanto maior for à crença em seus objetivos, mais depressa você os conquistará" (Maxwell Maltz) 
... "A vitória pertence ao mais perseverante" (Napoleão Bonaparte)
... "Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar; e ninguém é tão sábio que não tenha algo a aprender" (Blaise Pascal)
... "Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." (Heródes)

      

TODOS CONTRA AS DROGAS, PENSE ASSIM!!! TODOS PODEM CONTRIBUIR, MAS, NA VERDADE, TUDO DEPENDE DE VOCÊ!!!!!

PARTE 1


... "Um momento de paciência pode evitar um grande desastre; um momento de impaciência pode arruinar toda uma vida." (Provérbio chinês)
... "Ser pedra é fácil, o difícil é ser vidraça." (Provérbio Chinês)
... "Jamais se desespere em meio as sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda." (Provérbio Chinês)
... "Defeitos não fazem mal, quando há vontade e poder de os corrigir." (Machado de Assis)
... "Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!" (Machado de Assis)

... "Muitas vezes se diz melhor calando do que falando em demasia." (Provérbio popular)
... "Quem mata o tempo não é assassino mas sim um suicida." (Millôr Fernandes)
... "O verdadeiro significado das coisas é encontrado ao se dizer as mesmas coisas com outras palavras." (Charles Chaplin)
... "Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror." (Charles Chaplin)
... "Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar." (Carlos Drummond de Andrade)
... "Todos fecham seu olhos quando morrem, mas nem todos enxergam quando estão vivos." (Augusto Cury)
... "Violência gera violência, os fracos julgam e condenam, porêm os fortes perdoam e compreendem." (Augusto Cury)
... "Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la." (Augusto Cury)
... "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena." (Fernando Pessoa)
... "Digno de admiração é aquele que tendo tropeçado ao dar o primeiro passo, levanta-se e segue em frente." (Carlos Fox)
... "Um punhado de paciência vale mais do que um barril de talentos." (Provérbio holandês)
... "Você só recebe mais do que dá, quando você dá mais do que recebe." (Paulo Coelho)
... "Tudo o que somos nasce com nossos pensamentos. Em nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo." (Buda)
... "Aproveita todas as oportunidades da tua vida, pois, quando elas passam, demoram muito tempo para voltar." (Paulo Coelho)

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A ESTAÇÃO QUE AMEAÇA A SAÚDE: O VERÃO!!! PRIMEIRA PARTE

O VERÃO PODE SER UM PERÍODO CHEIO DE AMEAÇAS PARA A SAÚDE: ATIVIDADE FÍSICA

       Férias, sol intenso, corpos esculpidos, as temperaturas mais elevadas do ano, a sensação de estar “derretendo” e muita curtição... Essas são algumas das características do verão – a estação mais comemorada do ano
        As atividades físicas no verão devem ser praticadas com cautela.
       Muitas pessoas passam mal por levar o exercício físico ao extremo ou realizar certas estripulias. O fato de o clima promover mais disposição não é motivo para extrapolar.


         Os indivíduos que estão acima do peso tomam medidas perigosas na tentativa de reduzir o percentual de gordura corporal, porém na maior parte dos casos o efeito desejado não é alcançado.
       
         Quem nunca se deparou com alguém praticando atividade física com agasalho em plenos 30 graus, pessoas aconselhando caminhadas e exercícios abdominais com uma sacola plástica presa ao tronco, achando que dessa forma “perderão” a barriguinha, ou mesmo uma pessoa obesa correndo sem nenhum controle e pouca segurança? Todos nós já vimos algumas dessas situações, se é que não éramos os próprios executantes. 


É de primordial importância levar em conta certas precauções em relação ao verão/sol e a atividade física: 

• Consultar um cardiologista e um ortopedista, para examinar o coração e assegurar a integridade óssea e articular, respectivamente, a fim de evitar eventos indesejáveis;

• Procurar um educador físico para orientar e prescrever as atividades físicas – ele montará um programa de atividades respeitando as individualidades biológicas e estará pronto a modifica-la sempre que houver necessidade;

• Exercitar-se nas primeiras horas da manhã ou no fim da tarde, quando o sol está mais fraco;


• Passar protetor solar nas partes do corpo que estarão mais expostas, principalmente no rosto – já está mais que comprovado que a exposição prolongada aos raios solares pode provocar até câncer de pele;
• Utilizar roupas leves e confortáveis – confere maior amplitude e suavidade ao movimento;

• Hidratar-se – não espere ficar com sede para tomar água ou isotônico, a sede já é sinal de desidratação, então ande com uma garrafinha e ingira o líquido periodicamente;
• Procurar lugares com boa ventilação – locais fechados, tais como salas, além das janelas devem ter ventiladores para garantir a circulação do ar, assim, evitando o abafamento.

 Com essas dicas simples, espero que suas férias não sejam interrompidas por imprevistos indesejáveis.

A ESTAÇÃO QUE AMEAÇA A SAÚDE: O VERÃO!!! SEGUNDA PARTE



         O VERÃO PODE SER UM PERÍODO CHEIO DE AMEAÇAS PARA A SAÚDE: HIDRATAÇÃO

            A água representa mais da metade do peso do nosso corpo e, nas crianças essa porcentagem é ainda maior. Para manter a temperatura corporal, um dos mecanismos mais importantes é a perda de calor através do suor, o que impede que a temperatura do nosso corpo aumente demais. O mecanismo é que, a água do suor, ao evaporar, retira o calor da pele, resfriando-a.
         
           No verão, o calor intenso e a umidade favorecem o aumento da transpiração e, consequentemente, da perda de água. Por isso, nessa estação do ano o risco de desidratação é maior. Esse risco é maior em crianças e idosos, devido ao fato de que o organismo deles tem maior dificuldade em conservar a água no corpo.

Assim, o verão, recomenda-se uma maior ingestão diária de líquidos, que pode ser feita com diversos produtos, inclusive frutas. Quando a transpiração é excessiva, além da água perde-se também sais minerais, os quais devem também ser repostos. Recomenda-se água natural, sucos de frutas (limonada, suco de laranja), bebidas isotônicas (repõem muito bem os sais minerais), água de coco (é uma bebida isotônica natural, com quantidades equilibradas de água e sal; é excelente para hidratação). Importante lembrar que refrigerantes não são bons para hidratação, porque contém quantidades muitos grandes de sal e outras substâncias, além de não conterem vitaminas, portanto evite-os. 


            Outro aspecto importante é que a sede é um sinal tardio da falta de água, por isso não espere pela sede para hidratar-se. O ideal é ingerir pequenas quantidades de líquidos variados, durante todo o dia. Em casos de desidratação, recomenda-se o uso do soro caseiro, que é facilmente preparado com água filtrada, sal e açúcar. Ele deve ser oferecido em pequenas quantidades e várias vezes ao dia.



Com essas dicas simples, espero que suas férias não sejam interrompidas por imprevistos indesejáveis.

A ESTAÇÃO QUE AMEAÇA A SAÚDE: O VERÃO!!! TERCEIRA PARTE



            O VERÃO PODE SER UM PERÍODO CHEIO DE AMEAÇAS PARA A SAÚDE: ALIMENTAÇÃO

                 Começamos pelos cuidados alimentares

                 Por ser a estação das férias, no verão ocorre um aumento do consumo de alimentos fora de casa. Com isso, ocorre grande aumento na incidência de doenças veiculadas pelos alimentos. Uma alimentação balanceada é importante para manter o funcionamento adequado do organismo, e deve conter todos os nutrientes necessários: carboidratos (açúcares), proteínas, gorduras, vitaminas, sais minerais, fibras e líquidos.

As recomendações são as seguintes:

• Ao ingerir alimentos fora de casa, observe a higiene do local, dos utensílios, dos alimentos e do vendedor. Peça para visitar a cozinha.
• Observe as características próprias dos alimentos e, na dúvida, não consuma.
• Ingerir frutas e vegetais de cores variadas.
• Evite longos períodos de jejum; faça de 4 a 6 refeições por dia.
• Preferir os alimentos com produção característica em determinada estação do ano.
• Ingerir apenas água filtrada, fervida, ou mineral.
• Evite o consumo de enlatados, produtos industrializados e embutidos.
• Evite as dietas milagrosas. Faça ingestão moderada de todos os tipos de alimentos.
• Observe as condutas de higiene na preparação dos alimentos.

Com essas dicas simples, espero que suas férias não sejam interrompidas por imprevistos indesejáveis.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

"O FUTURO DE NOSSOS JOVENS...!"


"Em 20 anos, teremos a primeira geração de pais enterrando filhos"...  


          Em 20 anos, teremos a primeira geração de pais enterrando filhos, diz Victor Matsudo, ortopedista e especialista em medicina do esporte, sobre o agravamento do problema de doenças que resultam da obesidade, espalhada por todo o planeta. E a preocupação alcançou o COI (Comitê Olímpico Internacional), que entre 25 e 28 de janeiro promoveu encontro de especialistas em sua sede de Lausanne, Suíça, para debater como o esporte pode se contrapor a essa epidemia. O médico brasileiro esteve lá e falou com exclusividade ao R7 sobre o tema.

          - As pessoas tinham ao menos ideia de atividade física, de prática esportiva. Brincavam, saíam de casa, sentiam o vento no rosto, o prazer com a liberação de endorfina [o “hormônio da felicidade”, que dá sensação de bem-estar]. A geração atual não sai de casa, não tem contato com a endorfina.

          Os adolescentes de hoje são mais obesos, explica o médico, que há anos luta para que as pessoas façam alguma atividade física – a maneira de prevenir doenças crônicas e degenerativas como obesidade, hipertensão, diabetes e câncer.

         - É uma geração que vai morrer mais jovem. Pela primeira vez vamos ver uma inversão dessa: pais enterrando filhos que não têm nenhuma atividade física, que não comem bem, que aos 30 anos têm doenças crônicas. Aliás, já estamos vendo isso, mas em futuro próximo vai ser pior – vai ser um massacre.

       A obesidade infantil e juvenil está crescendo “uma enormidade” no planeta, diz Victor Matsudo. E não é só em países desenvolvidos. Essa é uma ideia falsa. Os países pobres estão engordando cada vez mais. O México é o primeiro nesse índice, nas Américas e o Brasil vai atrás, no mesmo ritmo. A obesidade é uma epidemia mundial.

Contra Doenças X Atividade Física  


            É preciso intervir nessa tendência de pessoas ficando doentes e morrendo mais cedo, assinala o médico. E isso é possível com atividade física - meia hora diária, cinco dias por semana; ou uma hora diária, cinco dias por semana, no caso dos obesos (porque precisam emagrecer).

       Victor Matsudo explica que, “se os índices continuarem no ritmo em que estão, em 2052 todo norte-americano será obeso – pior: em 2036, todo adolescente norte-americano será obeso”.

              Isso significa que, em 2.000 anos de história, a população não havia chegado a isso – de pais enterrando filhos - que poderá ocorrer em apenas 40 anos, se as pessoas continuarem com o sedentarismo.



     - Já sabemos que 51% das doenças têm causa em comportamento. Três fatores: inatividade, má alimentação e cigarro - resultam em quatro doenças - obesidade, hipertensão, diabetes e câncer. As pessoas, portanto, têm como prevenir essas doenças. Têm de saber que não é normal morrer com 30, 35 anos!


Fonte:  R7

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A EDUCAÇÃO FÍSICA E A IMPORTÂNCIA DE SEUS PROFISSIONAIS

video


As atividades esportivas fazem bem para o homem, pois através delas é possível obter equilíbrio físico e emocional. Além disso, são formas de envolver jovens e crianças, afastando-os das drogas e da promiscuidade.
Para se praticar esportes é necessário que um profissional da área da educação física faça uma orientação e avaliação, de acordo com as capacidades de cada um, dos limites que o corpo de cada pessoa pode suportar e vencer.
A comemoração do dia do professor de educação física acontece no dia 1º de setembro, em razão de a profissão ter sido regulamentada através da lei federal de número 9.696/98 e publicada na mesma data.
A ideia da data surgiu na comemoração de São Cosme e São Damião, pois nesse dia os professores de educação física organizavam brincadeiras para divertir a garotada, entregando-lhes várias guloseimas e doces.
Quatrocentos e cinquenta anos antes de Cristo, o grego Miron criou o símbolo das práticas esportivas, o Discóbolo, um arremessador de disco; o que comprova que os esportes existiam desde os tempos mais antigos.
No Brasil, historicamente falando, consideram que desde o período da colonização a educação física era praticada em nossas terras.
Os índios corriam atrás de suas caças, nadavam, atiravam arco e flecha e dançavam, jogavam peteca, lutavam entre si e brincavam de corrida dos troncos. Já os negros africanos, que vieram como escravos para o Brasil, dançavam a capoeira e faziam as lutas corporais, aprendidas através da observação dos animais em seu país de origem.
Mas somente em 1851, através da lei nº 630, que a ginástica foi incluída nos currículos das escolas primárias e secundárias, onde eram praticadas quatro vezes por semana.
Na década de oitenta, após o período da ditadura militar, a prática de esportes passou a ser vista de forma mais ampla, formando-se os primeiros grupos profissionais. Para isso, eram necessárias empresas que patrocinassem os atletas e a manutenção dos times e equipes. Foram os primeiros passos para iniciar as formações esportivas de qualidade no país, de onde colhemos os frutos plantados por longos anos, obtendo grandes conquistas para o país em campeonatos mundiais.
O campo de trabalho dos profissionais de educação física cresceu bastante nos últimos anos, deixaram de ser apenas professores de escolas ou academias, estendendo seu campo de atuação.
Hoje trabalham como “personal trainers”, desenvolvem programas de emagrecimento para crianças e adultos, organizam trabalhos de acréscimo muscular, que são muito valorizados em razão da população cultuar o aspecto físico, estar mais vaidosos, buscando um corpo belo, cheio de formas e músculos aparentes.
Os professores de educação física são responsáveis por observar um aluno durante a prática de exercícios físicos, os orientam a fazer alongamentos para aquecer a musculatura e evitar que se machuquem, corrige a postura durante a realização dos exercícios, confere os batimentos cardíacos dos atletas, verifica a respiração e o cansaço dos mesmos, não permitindo que ultrapassem seus limites.
O melhor para esses profissionais é trabalhar com o aspecto lúdico, ajudando as pessoas a liberarem suas tensões e se tornarem mais felizes.
Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola